Revista Saúde Perss
CAPA | ENTREVISTA
Dr. Rogério Venancio
Cirurgião Plástico
CRM 52 31757-4

Revista Saúde Perss

Dra. Bianca Rangel
Cirurgiã Dentista
CRO-RJ 42 954
Pós-Graduada em Ortodontia pela São Leopoldo Mandic - ES
Diretora da Policlínica Bianca Rangel

drabiancacguimaraes@gmail.com
O SORRIR EM TEMPOS DE COVID-19
A pandemia provocada pelo vírus SARS-CoV-2, contribuiu para gerar na população uma maior preocupação com a higiene pessoal, principalmente, em relação as mãos, porém, vale lembrar que este cuidado está diretamente relacionado a saúde bucal, uma vez que as mãos por estarem em contato direto com superfícies, correspondem a um dos principais transportadores do vírus para a boca e vias aéreas.

Dessa forma, a correta assepsia antes da escovação dentária torna-se essencial, devendo ser criadas simples rotinas como: lavar as mãos com água e sabão por no mínimo 20 segundos antes da utilização do fio dental, escovação dos dentes e língua (sim! tão importante quanto a dos dentes), evitando-se dessa forma, a contaminação pelas vias orais do vírus. Um ponto importante em relação a esta rotina é a inclusão dos enxaguantes bucais, um cuidado muita das vezes esquecido, que possui diversos benefícios, mas cuja frequência deverá ser recomendada por um profissional de odontologia, uma vez que ocorre variações na necessidade do uso.

A pandemia provocada pelo coronavírus nos mostrou também, a importância da ampliação de políticas públicas voltadas para a saúde bucal. Muito embora ao longo dos últimos anos, pesquisas têm mostrado que a preocupação do brasileiro sobre este assunto tenha aumentado, encontra-se ainda muito abaixo do desejado, estando limitado a uma pequena parcela da população. Neste aspecto, torna-se de extrema importância uma maior divulgação e conscientização sobre a importância dos cuidados com a saúde oral.

Ainda sobre o tema, cabe lembrar, que os avanços conquistados no campo da promoção de saúde bucal podem estar sob risco, devido a uma das mudanças mais significativas provocadas pelo vírus, a ocultação de uma de nossas maiores ferramentas de comunicação, o sorriso.

Capaz de demonstrar diversos sentimentos de forma espontânea como: alegria, empatia, felicidade..., o sorriso encontra-se atualmente escondidos na maior parte do tempo por trás de máscaras de proteção faciais, essenciais, diga-se de passagem, na redução das taxas de contágio.

No entanto, tal fato contribui para que muitas pessoas acabem negligenciando os cuidados com o mesmo, sendo importante definir que manter uma higiene bucal adequada vai além da preocupação estética (um dos principais motivadores para as idas ao consultório), uma vez que estudos recentes demonstraram existir uma forte correlação entre a má saúde oral e o desenvolvimento da Covid em sua forma grave, fator este com maior incidência em “pacientes cardiopatas”.

Tal informação torna-se ainda mais importante sob o aspecto de nos lembrar que cuidar da boca vai muito além da prevenção de doenças como: cárie e periodontite, gerando benefícios sistêmicos ao corpo.

Recentemente, recebemos diversas boas notícias em relação à propagação da Covid-19, como a redução no número de hospitalizados, atenuação das formas mais graves, e quedas na taxa de mortalidade (um viva a vacina!), entretanto, apesar desse novo normal começar a se desenhar - uma vez que as lições e bons hábitos aprendidos devem ser mantidos - não podemos nos descuidar, variantes, ocasionalmente, surgem e outras doenças oportunas podem se beneficiar de qualquer relaxamento em nossa atenção.

Com o avanço da vacinação e a manutenção das boas práticas, crescem o número de países cuja obrigação da utilização de máscaras de proteção faciais já não se faz mais presente. Em relação ao Brasil, este momento ainda não chegou, entretanto, algumas cidades já iniciam testes para verificar a segurança da liberação das mesmas.

O certo é que, embora tenhamos sido apresentados a um cenário onde tivemos que aprender outras formas de sorrir, nada se compara a sensação de receber um gesto tão simbólico quanto um sorriso. Então, que estejamos prontos quando este velho hábito retornar e possamos receber uns aos outros com um lindo e saudável sorriso.

Compartilhe

Fale Conosco

Para conhecer mais sobre a nossa revista, enviar dúvidas, sugestões ou comentários você só precisa preencher os campos do formulário abaixo.