Revista Saúde Perss
CAPA / ENTREVISTA
Dr. Vinícius Alcantara Cunha Lima
Ortodontista
CRO-RJ 31 162

Revista Saúde Perss


Dr. Flávio Bastos Lemos Barreto
Médico Veterinário
CRMV-RJ 4 247
Formado em medicina veterinária pela Universidade Federal Rural-RJ
flavioblb@hotmail.com
BABESIOSE
A babesiose é causada por protozoários intra-eritrocitários do gênero babesia. A doença transmitida por carrapatos, afeta grande variedade de animais domésticos e selvagens e ocasionalmente, o homem. Embora o principal impacto econômico da babesiose ocorra na indústria bovina, e em equinos é bastante incidente.

Duas importantes em bovinos (B.bigemina e B.Bovis) encontram-se disseminadas em países tropicais e subtropicais e em equinos (B.equi ou Theileria, B.caballi). No entanto, como existem muitas características comuns às doenças causadas por diferentes cepas de babesia, várias dessas informações podem ser aplicadas às outras espécies.

Transmissão e Epidemiologia

Os principais vetores de babesia bigeminia e B.bovis são: carrapatos boophilus spp, em equinos os carrapatos dos gêneros rhipicephalus, dermacentor, amblyoma cajannense (carrapato estrela).

Nas áreas endêmicas, duas características são importantes na determinação do risco de doença clínica: níveis de anticorpos absorvidos pelo colostro e os animais que se recuperam de infecções por babesia, geralmente, se tornam imunes a doença.

Em situação de alta taxa de transmissão por carrapatos, todos os bezerros recém-nascidos até os 6 meses de idade se infectam com babesia, apresentando sintomas discretos, uns se recuperam naturalmente, outros mediante tratamento. Surtos podem ocorrer com introdução de animais em áreas endêmicas.

Achados Clínicos e Patogênese

Em geral, a doença aguda dura cerca de 1 semana. O primeiro é febre (frequentemente 41°C, ou mais), acompanhada de inapetência (falta de apetite) taquipnéia, tremores musculares, anemia, icterícia, e perda de peso. No estágio terminal, nota-se hemoglobinemia e hemoglobinúria. Na infecção por B.bovis pode haver envolvimento do sistema nervoso central (SNC) em razão da aderência de hemácias parasitadas nos capilares cerebrais. Pode-se constatar constipação ou diarreia, equinos podem apresentar cólicas quando acometidos pela babesiose. As vacas em final de gestação podem abortar e touros podem apresentar infertilidade temporária devido à febre transitória. Choque hipotensivo combinada com inflamação inespecífica generalizada, coagulopatias e estase eritrocitária nos capilares, contribuem na patogênese. Na maioria das infecções por cepas de B.bigemina, os efeitos patogênicos se relacionam mais diretamente com hemólise. Raças indianas de bovinos (zebu, Bos indicus) tendem a ser mais resistentes a babesiose, do que raças européias equinos submetidos a situação de estresse; e quando submetidos a cirurgias, se estiverem com a doença da forma subclínica tendem a manifestar a doença de forma aguda.

Diagnóstico

Clinicamente, a babesiose pode ser confundida com outras doenças que causam: febre, anemia, hemólise, icterícia, ou urina avermelhada. Confirma-se o diagnóstico por exame microscópico de esfregaço sanguíneo de sangue extraído de capilares auriculares (orelha), ou da extremidade da cauda, que serão corados pela Giemsa e analisados. Lembrando que essa coleta de material para esfregaço em lâmina possui uma eficiência maior com chance de diagnóstico preciso quando colhidos com animal em pico febre.

Encontram-se disponíveis vários testes sorológicos para detecção dos animais portadores. Os mais utilizados incluem pesquisa de anticorpos por fluorescência indireta e Elisa.

Tratamento

Aceturato de diminazen ou dipropionato de imidocard. Recomenda-se tratamento de suporte com antioxidantes em animais de maior valor, a transfusão de sangue pode salvar vidas de animais com anemia grave.

Deve-se oferecer conforto e sombra ao animal doente, assim como, eliminar ectoparasitos se presentes no animal.

Bilbliogáfica: manual Merck de veterinária, nona edição.

Compartilhe

Fale Conosco

Para conhecer mais sobre a nossa revista, enviar dúvidas, sugestões ou comentários você só precisa preencher os campos do formulário abaixo.