Revista Saúde Perss
CAPA
Rad-Med
Revista Saúde Perss
ENTREVISTA
Dr. Carlos Mário Mello de Souza
Radiologia
CRM 52 32139-2
Revista Saúde Perss
Dra. Paula Mitsu D. Kitada
Dermatologia & Cosmiatria
CRM 52 97612-1
Pós graduando em saúde da família pela UFSC
paulakitada@gmail.com
CUIDE-SE! PREVINA-SE! A GESTAÇÃO REQUER ATENÇÃO ESPECIAL COM A PELE
        Durante o período da gravidez, nós mulheres sofremos muitas alterações hormonais, metabólicas e imunológicas que alteram o corpo da mulher constantemente e, na maioria das vezes, podem provocar mudanças bruscas em nossa pele.

        Em algum momento da gestação, podemos perceber de pequenas a grandes alterações desde:

Irritação;
Ressecamento;
Estrias;
Alergias ou manchas em qualquer parte do corpo, inclusive a face. Esse último é o temido melasma.

         Ao longo da gravidez, a pele fica mais suscetível à irritação por produtos e cosméticos, além de desenvolver uma maior predisposição para alergia a alimentos ou uso de bijuterias. Devemos ficar atentos ao que consumimos e utilizamos nessa fase para facilitar a identificação e o tratamento dessas alterações, que nem sempre significam doenças, como:

Melasmas: são manchas marrons que podem aparecer ao longo do primeiro trimestre e aumentam nos últimos meses quando há uma maior produção hormonal. Essa patologia ocorre devido à exposição ao sol, por isso devemos utilizar vários métodos de proteção solar, sendo o principal o filtro solar e sua reaplicação durante todo o dia.
Estrias: podem surgir no abdome, coxas, glúteos, mamas e lateral da cintura, aproximadamente no sexto e sétimo mês de gestação. Elas são o resultado da falha na capacidade elástica repentina da pele, aumento do peso e a predisposição genética em adquiri-las.

Uma dica importante é a correta hidratação da pele repetidamente com fórmulas exclusivas para gestantes, realizar uma dieta equilibrada e o consumo abundante de líquido que também previne o surgimento de celulites.

É importante lembrar a predominância da influência da hereditariedade, vez que esta prevalece mesmo que adotadas as recomendações supracitadas. Por isso, uma importante recomendação, quando esta acomete de forma negativa, é o cuidado no ganho de peso.

Acne: com o aumento da atividade das glândulas sebáceas, podem surgir acnes, o que não é regra, pois algumas mulheres percebem uma melhora no aspecto da pele nessa fase.
Mamas: as mamas devem ser devidamente hidratadas para se adaptar à produção de leite e seu ingurgitamento.
Cabelos e pelos: há um aumento do crescimento de pelos e unhas que ocorre fisiologicamente nessa fase. Não se assuste, pois após o parto, tudo irá retornar ao normal!
Alterações vasculares: surgem devido aos elevados níveis de hormônios estrogênicos na circulação materna, formando telangiectasias e o eritema palmar (vermelhidão na palma das mãos), que desaparece naturalmente semanas após o parto.

Essas são algumas alterações que se manifestam durante a gestação e sabemos que muitas outras podem surgir e alguns quadros podem necessitar de mais cuidados. Por isso, apresento algumas dicas básicas para manter uma pele saudável durante a espera desse momento tão especial.

Informe ao seu médico todo tipo de produto que for utilizado, pois vários componentes podem ser absorvidos e atingir o seu bebê.
Aplicar e reaplicar filtro solar com fator de proteção elevado, evitar se expor ao sol em excesso.
Hidratar a pele constantemente.
Ter uma boa alimentação e preocupar-se com a manutenção do peso ao longo da gestação.
Beber muita água.

         Nunca use produtos que não sejam recomendados pelo especialista. Procure sempre seu dermatologista para realizar um protocolo específico para gestação e para cada tipo de pele.

Compartilhe

Fale Conosco

Para conhecer mais sobre a nossa revista, enviar dúvidas, sugestões ou comentários você só precisa preencher os campos do formulário abaixo.