Revista Saúde Perss
CAPA | ENTREVISTA
Dr. Rogerio Venancio
Cirurgião Plástico
CRM 5231757-4
Revista Saúde Perss
Dr. Felipe Montes Pena
Cardiologista
CRM 52.81912-3
Especialista em Cardiologia pela Universidade Federal Fluminense
fellipena@yahoo.com.br
A OBESIDADE E A HIPERTENSÃO ARTERIAL
         O sobrepeso e a obesidade são uma pandemia e têm sido amplamente discutidos em Saúde Pública e Saúde no Trabalho. Comorbidades como: síndrome metabólica, hipertensão arterial, diabetes mellitus do tipo 2, alterações ortopédicas e doenças coronarianas podem causar absenteísmo, redução de rendimento laboral, incapacitação e morte.

         A comunidade científica tem dedicado vários estudos à correlação entre a obesidade e a hipertensão, onde ficou demonstrada uma forte conexão entre o ganho exagerado de peso e o aumento da pressão arterial.  Em um estudo feito por Framingham, estimou-se que cada quilo de peso a mais eleva a pressão arterial em 1mmHg.
 
         O excesso de peso se associa com maior prevalência de hipertensão arterial desde idades jovens. Na vida adulta, mesmo entre indivíduos fisicamente ativos, incremento de 2,4 kg/m2 no índice de massa corporal acarreta maior risco de desenvolver hipertensão. A obesidade central, também se associa com elevação da pressão arterial.
 
Mecanismo da obesidade que influenciam na hipertensão
 
         O aumento de sódio na alimentação, e aumento do débito cardíaco (volume de sangue que é bombeado a cada um minuto), do sistema renina-aldosterona, dos níveis de insulina, da atividade simpática e da volemia (volume total de sangue circulante) são alguns fatores que explicam a associação ente a obesidade e a hipertensão arterial.
 
         A retenção de sódio e o aumento do volume extracelular são fatores críticos para o aumento da pressão arterial, em razão da elevação da renina plasmática, da atividade da enzima conversora de angiotensina, do angiotensinogênio e da concentração plasmática de angiotensina 2. Também que as taxas de aldosterona em indivíduos obesos e hipertensos encontram-se aumentadas, principalmente, nos pacientes com obesidade abdominal.
 
         O desenvolvimento da hipertensão em obesos, pode também, estar associado a hiperativação do sistema nervoso simpático, importante na regulação da pressão arterial. A ingestão de refeições de alto teor energético acarreta o aumento na concentração de noradrenalina circulante, o que leva o SNS a aumentar sua atuação sobre os rins, provocando a perda da regulação da pressão sanguínea.
 
         Outro importante fator para a hipertensão arterial em obesos é a resistência à insulina. A hiperinsulinemia pode criar mecanismos que aumentam a retenção renal de sódio, o que leva à reatividade vascular e à ativação do sistema nervoso simpático.
 
         Isto ocorre, porque a leptina atua tanto no controle do apetite como na regulação do sistema cardiovascular. A leptina causa um aumento na atividade simpática alterando a excreção renal de sódio, favorecendo um amento na pressão arterial.
 
Ações propostas pra melhora do quadro
 
         A massa corporal é um importante determinante na elevação da pressão arterial, tanto porque, os dois fatores estão fortemente associados, como também, pela elevada prevalência de indivíduos com excesso de peso. Portanto, como uma estratégia de prevenção primária, o controle de peso seria uma intervenção pertinente para diminuir a ocorrência de hipertensão arterial. A participação de equipes multidisciplinares é a chave para a melhora do quadro e adesão do tratamento.
 
         Ações devem buscar melhor controle dos hipertensos já conhecidos, estabelecer metas para ampliar grau de conhecimento desses fatores pela população diretamente interessada e, ainda, principalmente fornecer a população em geral mais informações para a prevenção do aparecimento dos fatores de risco. Portanto, é natural que a educação em saúde, torna-se um fator preponderante na modificação dessa associação maligna para o bem-estar do paciente.
 

Compartilhe

Fale Conosco

Para conhecer mais sobre a nossa revista, enviar dúvidas, sugestões ou comentários você só precisa preencher os campos do formulário abaixo.